AUTO-ESTIMA NA VIDA DE DEFICIÊNTE

Tempo de leitura: 2 minutos

0 Flares 0 Flares ×

Oi, oi, oi! Hoje com certeza é o dia que mais esperei desde que comecei o Vida de Deficiente. Falar de auto-estima pós amputação é uma das coisas que considero mais importante.

Demorei um pouco para abordar este tema, por que mais do que falar queria mostrar o processo para vocês.

Quem me vê agora aqui no blog e no canal deve imaginar que foi sempre assim, mas não foi.

Eu sofri o acidente em dezembro de 2009, o ano de 2010 foi de adaptação, não me revoltei com a vida, mas também não era como sou hoje.

Ana K - RJ - 2011
Ana K – RJ – 2011

Em 2011 eu terminei um relacionamento e comecei a achar que ninguém ia me querer, engordei demais, cheguei ao 96 quilos e me abandonei completamente. Não era só o peso, era o estado de espírito.

Se existe uma verdade é que o nosso exterior reflete nosso interior, hoje eu não estou com corpo de Gabriela Pugliesi, mas estou linda por que me sinto assim. E isso faz toda diferença.


Gravei um vídeo contando tudo isso que falei ai em cima e um pouco mais, brinquei com a TAG Maquia e Fala que várias blogueiras fazem, para mostrar para todas as mulheres deficientes que a vaidade e truques de beleza também devem fazer parte da nossa realidade.

E também falar para todos os deficientes como é importante, aceitar a nossa deficiência e amar a nova forma do nosso corpo, seja com uma cadeira de rodas, uma prótese, muletas e cicatrizes.

Além do vídeo, eu fiz um ensaio de fotos com a minha melhor amiga e fotógrafa Andressa Leão, para mostrar minha transformação e dizer que, independente da nossa deficiência o importante é o quanto nos amamos e como nós nos enxergamos.


Aqui estão algumas fotos desse ensaio que foi delicioso de fazer e ficou lindo.

2
Ana K – Fotos Andressa Leão
3
1 Ana K – Fotos Andressa Leão

Ficaram lindas né?

Eu estou apaixonada por essa fotos.


Recupere sua auto-estima.

É normal viver a dor e a revolta após um grande trauma, é normal e necessário. Aceite e viva seu momento de dor, não importa se você é deficiente ou não, isso pode acontecer por diversos motivos.

Eu quis mostrar para vocês que depois de viver esse momento nós precisamos nos superar a cada dia e começar a se apaixonar dia após dia por nós mesmos.

COM AMOR PRÓPRIO

Por hoje é só meus amores, espero que essa parte da minha história possa ajudar vocês de alguma maneira.

Se você conhece alguém que esteja em um momento difícil, que tal compartilhar esse vídeo com essa pessoa. Talvez possa fazer a diferença.

VEJA A PARTE 2 DESTE VÍDEO.


Deixe seu e-mail abaixo para receber fotos exclusivas deste ensaio e mais conteúdos do Blog Ana K.

5 Comentários

  1. Andressa Leão

    Sou mto feliz e grata por fazer parte da sua vida da sua história t amoooo.

    Responder
  2. fernanda Pereira de Lima

    Ana assistir seus videos me deixa muito feliz pois é o que você esta transmitindo: Amor, Paz e Felicidade ( acho que assisti quase todos). Trabalhamos um tempo juntas mas não tínhamos contado
    mas, sei que sempre foi muito amada e esse amor floresceu dentro de vc.

    Realmente vc está linda!

    Adorei o vídeo!
    bjk

    Responder
    1. Ana K.

      Oi Fe.
      Obrigada 😊
      Fico muito feliz em conseguir passar um pouco do amor que recebo todos os dias.
      Fico mais feliz ainda de saber que você me acompanha. Obrigada pelo carinho ❤️
      Beijo

      Responder

  3. oi ana k eu estou fazendo uma campanha no meu blog onde conto historias de blogueiras com deficiencia eu tenho paralisia e gostaria de conta sua historia junto com as de outras blogueiras que assim como vc e eu superou o preconceito vocÊ aceita ?

    Responder

  4. oi ana k eu estou fazendo uma campanha no meu blog onde conto historias de blogueiras com deficiencia eu tenho paralisia e gostaria de conta sua historia junto com as de outras blogueiras que assim como vc e eu superou o preconceito vocÊ aceita ? ameiii seu blog

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *