DEFICIENTE NAMORA? AMOR NA VIDA DE DEFICIENTE.

Tempo de leitura: 1 minuto

0 Flares 0 Flares ×

Oi, oi, oi…

Hoje é um dia que prova a minha coragem na internet. Como o DIA DOS NAMORADOS está chegando, resolvi falar sobre TODA minha vida amorosa aqui nessa tal de internet.

Isso mesmo, gravei um vídeo falando sobre meus relacionamentos PRÉ E PÓS AMPUTAÇÃO.


POR QUE? PRA QUE?

Existe muito preconceito sobre esse assunto, sim existe. As pessoas não sabem nem como ser amigas de deficiente, imagina como abordar para uma paquera.

Isso faz com que quem é deficiente fique meio paranoico sobre namoro, casamento, ficadas e afins.

Quando eu sofri o acidente, estava namorando e eu achei sim que se terminasse com o meu namorado na época, NUNCA MAIS conseguiria namorar e isso  causou um período muito trash na minha vida.

Eu ficava pensando:

  • Agora que eu sou deficiente, ninguém vai querer namorar comigo!
  • Será que deficiente namora?

Mas o tempo me mostrou que a felicidade em relacionamentos depende do meu estado de espírito e não da minha deficiência.

Se você está sofrendo por amor, esse vídeo vai te fazer entender algumas coisas.


DÁ PLAY

Eaí gostaram? Espero que sim, porque tive que reunir toda minha coragem para liberar esse vídeo.

Olha por incrível que pareça, esse assunto é um dos que mais gera drama na nossa vida. Por que é um tabu  muito grande.

Imagine como abordar um deficiente para paquera, as pessoas acham que a gente não gosta de conversar rsrs, ou tem medo de nos ofender.

Ao mesmo tempo, qualquer probleminha no relacionamento a gente já acha que é por causa da nossa deficiência.

Enfim, acho que são dois lados sem muito jeito para lidar com isso, então precisa ser a pessoa certa, precisa ter muito amor como em qualquer relacionamento.

 


O AMOR É PARA TODOS!

 A verdade é que precisamos estar prontos para isso, saber que vamos ter que renunciar a nossas vaidades e egoísmos para que a relação dê certo, sem culpar nada nem ninguém por nossas inseguranças e erros.

ASSISTA A PARTE 1 DESTE VÍDEO.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *